Como evitar Hérnia De Disco? 

A hérnia de disco é um mal que atinge vários brasileiros, muitos não sabem que possuem e só descobrem em momentos de dor e crise. Vamos tirar algumas dúvidas sobre como evitar hérnia de disco, confira! 

Agendar sua Avaliação

O que é Hérnia de Disco?

esquemo mostrando como evitar hernia de disco

A hérnia de disco ocorre quando há um deslocamento do disco invertebral para fora da coluna, causando inflamação.

Hérnia de disco ocorre quando o disco intervertebral, que serve para amortecer o impacto, desloca-se em direção à medula espinhal de forma central, unilateral ou bilateral. A hérnia também pode apresentar-se com sua membrana mais externa rompida e/ou núcleo pulposo deslocado. 

A hérnia de disco ocorre mais comumente nos locais em que a coluna vertebral sofre uma maior movimentação, como é o caso da região cervical e lombar.

Em pacientes sintomáticos, o paciente apresenta muitas dores no local, bem como formigamento e perda da sensibilidade nos membros próximos da região afetada pela hérnia de disco, como braços ou pernas. 

O diagnóstico clínico é feito pelo médico ortopedista, por meio da história de dor contada pelo paciente, bem como por meio de análise de imagens da região, como tomografia computadorizada e ressonância magnética.

Agendar sua Avaliação

O diagnóstico funcional deve ser realizado com um fisioterapeuta especialista, considerando que 95% dos casos são tratados de forma conservadora com medicamentos e fisioterapia de qualidade.

Como Evitar A Hérnia De Disco?

homem curvado com dor na coluna

Há sempre como evitar hérnia de disco evitando alguns comportamentos e má posturas.

Existem algumas dicas que podem te ajudar a evitar hérnias de disco. 

1 – Mantenha-se Dentro Do Peso Adequado 

A obesidade é um dos grandes fatores que predispõem o surgimento de hérnias de disco. 

Isso porque quanto maior o peso, maior a compressão discal, portanto, é importante manter-se dentro do peso adequado para sua idade e sua altura. 

Se caso você estiver com excesso de peso, consulte um profissional que possa te orientar a perder peso adequadamente. 

2 – Não Abuse De Saltos Altos 

As mulheres são um grupo de risco bastante afetado pelo surgimento de hérnia de disco. Um dos fatores que podem influenciar é o uso constante de saltos altos.

Em nome da beleza e da estética, as mulheres ficam longas horas utilizando salto alto, alterando o centro de gravidade e exigindo maior esforço da articulação da coluna.

Embora muitas pessoas afirmem que o uso do salto em si não é o causador de problemas na coluna, um aspecto é fato: ao caminhar, equilibrando-se no salto, há uma alteração na biomecânica do movimento.

Com isso, é comum acabar compensando o desequilíbrio e sobrecarregando outras partes do corpo, como tornozelos, calcanhares, joelhos e quadril, além de músculos e tendões das pernas.

Portanto, o mais importante é ter bom senso. Use saltos baixos que deem apoio para os calcanhares. Se for andar por mais tempo, prefira um bom e confortável tênis. 

3 – Tenha postura! 

Basta você sair pelas ruas e observar quantas pessoas estão andando, segurando e olhando o celular, com a cabeça baixa? Observe no seu trabalho ou mesmo em casa: quantas vezes ficamos horas no computador, com as pernas cruzadas, ou simplesmente jogados no sofá, com a coluna completamente torta? 

Para evitar hérnias de disco, uma das melhores atitudes em termos de prevenção é manter a coluna na posição mais confortável durante o trabalho.

Em termos de trabalho, existe toda uma área de estudo, denominada ergonomia, que estuda o correto posicionamento de cadeiras e mesas, justamente para evitar futuros problemas de coluna.

Dores de coluna são uma das principais razões de afastamento de trabalhadores em idade ativa do trabalho, portanto a ergonomia pode e deve ajudar a evitar problemas. 

Se você fica muito tempo sentado (a) no trabalho, lembre-se que é na posição sentada que ocorre a principal pressão no disco, o que pode facilitar a hérnia de disco. 

Em termos de ergonomia, é possível utilizar um apoio (uma almofada) no encosto da cadeira, na altura da região lombar, utilizar uma cadeira que se adapte ao seu corpo e levantar a cada meia hora e fazer pequenas sessões de alongamento ao longo do dia, assim como adequar a altura do computador podem melhorar a postura durante o trabalho.

4 – Faça Exercícios Sob Orientação De Um Profissional

Muitos praticantes de atividade física não possuem orientação. Isso vale para a musculação na academia, como a prática de corrida. É importante sempre ter a orientação de um profissional, que vai aos poucos aumentando o volume e a carga. 

Essa orientação é extremamente importante, para que a coluna não sofra com impactos grandes e desnecessários, além de executar todos os movimentos da maneira correta, sem sobrecarga. 

Para os praticantes de corrida, por exemplo, fazer fortalecimento da musculatura da coluna, quadril e pernas é muito importante, justamente para evitar futuras lesões. 

5 – Pare De Fumar 

O fumo é um dos piores hábitos para o surgimento de vários problemas, inclusive problemas de coluna. O cigarro provoca, além da ingestão de inúmeras substâncias tóxicas, a vasoconstrição, ou seja, diminuição dos vasos que nutrem o disco intervertebral.

Assim, o disco vai receber menos nutrientes transportados pelo sangue. Mal nutridos, os discos se tornam mais suscetíveis a lesões.

6 – Genética 

O fator hereditário, ou seja, a genética tem maior chance de desenvolver hérnias de disco. 

Portanto, se você tem pai, mãe, avós com problemas na coluna, existe uma chance de você também desenvolver os mesmos problemas. É aí que a prevenção é tão importante, para diminuir as chances de você ter problemas na coluna. 

7 – Busque Diagnóstico E Tratamento Adequados 

Muitas pessoas sofrem com dores na coluna, mas não buscam nem identificar o problema, menos ainda tratamento adequado para o problema. 

Acreditam que tomando remédios as dores vão embora e o problema também, mas tomar remédios sem prescrição não é tratamento. E não resolve a causa, portanto, há grandes chances do problema sempre voltar, e cada vez pior. 

Portanto, se você sente dores na coluna, a primeira coisa a se fazer é buscar um diagnóstico correto de qual é o problema. 

Tendo o diagnóstico, é preciso fazer o tratamento como um todo, ou seja, com todos os profissionais responsáveis pela melhora.

Não adianta ter o diagnóstico de hérnia de disco e não fazer sessões de fisioterapia ou então ter o diagnóstico correto e não tratar das demais causas, como obesidade, depressão, exercícios feitos de forma errada, etc. 

É importante que quem tem hérnia de disco faça o tratamento completo, global, para que os sintomas desapareçam e o quadro geral melhore, prevenindo futuras crises. 

Leitura importante e complementar: Tratamento De Hérnia De Disco Sem Cirurgia

Conclusão 

Ter hérnia de disco não é uma limitação para a vida. É possível ter uma vida produtiva, com a prática de atividades físicas e trabalhando, mas é necessário buscar o diagnóstico correto e o tratamento adequado.

Agendar sua Avaliação

Todo o conteúdo deste website é produzido e de reponsabilidade da equipe que compõe o ITC Vertebral.