Saiba tudo sobre Mobilidade Torácica

04/ago Por Helder Montenegro Revisão 25/jul - 2022

A mobilidade torácica é essencial para a saúde geral da coluna vertebral. A coluna torácica é a secção central da coluna e inclui as 12 vértebras entre o pescoço e a parte inferior das costas. É responsável por suportar o peso da cabeça e proteger a medula espinhal.

Essa condição refere-se à capacidade desta parte da coluna vertebral de se mover livremente e sem dor.

Quando alguma região da coluna está rígida, isso pode acabar afetando as vértebras tanto em cima como em baixo, impedindo a total movimentação e causando dor. É por isso que a mobilidade torácica é tão importante.

Quando a coluna torácica é capaz de se mover livremente, retira a pressão das outras partes da coluna vertebral, e permite que estas também funcionem corretamente.

Agendar sua Avaliação

Há uma série de fatores que podem causar problemas de mobilidade torácica. A má postura é uma das causas mais comuns, pois pode fazer com que a coluna torácica fique arredondada e encurtada. Isto exerce pressão sobre os discos e nervos da coluna torácica e pode levar à dor e rigidez.

Neste artigo vamos entender melhor o que é a mobilidade torácica, suas causas, como é feito o tratamento e como a fisioterapia tem papel essencial para recuperar a mobilidade torácica.

Vamos lá!

Como funciona a mobilidade torácica?

A mobilidade torácica é essencial para a saúde geral da coluna vertebral. A coluna torácica é a secção central da coluna vertebral e inclui as 12 vértebras entre o pescoço e a parte inferior das costas, suportando o peso da cabeça e protegendo a medula espinhal.

A região possui a capacidade da coluna vertebral de se mover livremente e sem causa dor à pessoa. Ela funciona como uma espécie de amortecedor para a coluna vertebral, e quando ela não funciona corretamente, isto pode levar a problemas noutras áreas da coluna vertebral.

Há vários fatores que podem causar problemas nessa região. A má postura, como citado acima, é uma das causas mais comuns, pois pode fazer com que a coluna torácica fique arredondada e encurtada.

Quando qualquer parte da coluna vertebral que está rígida, pode acabar afetando as vértebras tanto em cima como embaixo, impedindo o movimento completo e causando dor.

Causas

Existem vários fatores que podem afetar a mobilidade torácica. Estas podem incluir:

  • Má postura;
  • Desequilíbrios musculares;
  • Lesões;
  • Perturbações das articulações;
  • Doenças degenerativas;
  • Anomalias congénitas.

Também podem ser causado por um estilo de vida sedentário, técnicas incorretas de elevação, e ao ficar longos períodos sentado ou em pé.

Grupos de risco

Há certos grupos de pessoas que estão mais em risco de desenvolver problemas de mobilidade. estes incluem:

  • Pessoas com um estilo de vida sedentário;
  • Pessoas que trabalham em ambiente de escritório;
  • Trabalhadores manuais;
  • Mulheres grávidas;
  • Idosos.

Sintomas causados pela falta de mobilidade torácica

Entre os principais sintomas causados pela falta de mobilidade estão:

  • Dor nas costas;
  • Rigidez nas costas;
  • Dor nas articulações;
  • Diminuição do movimento dos braços ou das pernas.

Se a mobilidade torácica estiver causando dor nas articulações, isso pode ser um sinal de que a mesma está sendo afetada de alguma forma.

Como é feito o diagnóstico?

Se você perceber algum dos sintomas mencionados neste artigo, sua torácica pode estar sendo afetada. Neste caso, é essencial consultar o seu fisioterapeuta para uma avaliação. Ele fará um histórico completo e um exame físico.

Ele também pode encomendar testes de imagem, como Raio-X ou uma tomografia computadorizada (TC) para diagnosticar se há algo estrmobilidade torácica.

O diagnóstico é importante para determinar a causa subjacente dos sintomas e para escolher a melhor abordagem de tratamento para cada caso. Sem um diagnóstico, o tratamento pode não ser eficaz.

Mobilidade torácica e tratamento

O tratamento da mobilidade torácica vai depender da causa subjacente dos sintomas, além de:

  • Tempo de evolução dos sintomas;
  • Idade do paciente;
  • Saúde geral;
  • Histórico médico.

O objetivo do tratamento é aliviar a dor e aumentar a mobilidade. Se for devido a uma causa subjacente, o tratamento também se concentra em tratar a causa raiz.

O tratamento pode incluir:

  • Exercícios de mobilidade torácica;
  • Manual de Terapia;
  • Alongamentos musculares;
  • Fortalecimento muscular;
  • Modificações do estilo de vida;
  • Analgésicos e anti-inflamatórios;
  • Outros fatores.

Fisioterapia é fundamental para a mobilidade torácica

A fisioterapia é uma das principais formas de tratamento para a mobilidade torácica, onde seu maior obfisioterapia é aliviar a dor, melhorar a mobilidade e restaurar o funcionamento normal das articulações. A fisioterapia para a mobilidade torácica pode incluir:

  • Exercícios de mobilidade torácica ;
  • Estiramentos musculares;
  • Fortalecimento muscular;
  • Terapia manual.

ITC Vertebral

A ITC Vertebral é uma clínica especializada em mobilidade torácica. A ITC Vertebral oferece um programa de fisioterapia completo para a mobilidade torácica. O objetivo do programa é aliviar a dor, melhorar a mobilidade e restaurar o funcionamento normal das articulações.

O ITC Vertebral oferece um ambiente seguro e acolhedor, onde os pacientes se sentem à vontade para tratar a mobilidade torácica. A partir do diagnóstico feito, o primeiro passo para o tratamento é sempre o conservador, ou seja, tratamos sem cirurgia.

A cirurgia é feita somente na minoria dos casos, e apenas se o tratamento conservador não apresentar resultados.

O ITC Vertebral utiliza abordagens que respeita os sinais e sintomas do paciente para seguir com os critérios de tratamento, podendo envolver:

  • Osteopatia – técnica de tratamento fisioterapêutico que se baseia no diagnóstico diferencial e tem como ênfase principal a integridade estrutural e funcional do corpo;

  • Fisioterapia manual – técnicas manuais é desenvolver a funcionalidade e a biomecânica das estruturas sem causar danos ao paciente, restaurando o movimento máximo e indolor do sistema musculoesquelético postural;

  • Mesa de Tração – quando indicada, possibilita uma descompressão com cargas controladas;

  • Mesa de flexão e exercício direcional – possibilita que o fisioterapeuta tenha total controle sobre a mobilidade da coluna vertebral do paciente, permitindo os movimentos de flexão, extensão, látero-flexão e rotação;

  • Estabilização vertebral – uso do equipamento Stabilizer. Aparelho destinado a registrar as alterações e pressões que permitem detectar o movimento da coluna e suas compensações durante o exercício. Com esse equipamento é possível implantar o programa de estabilização segmentar vertebral que preconiza fortalecer os músculos que protegem a coluna, especialmente os músculos transverso abdominal e os multífidos;

Nós oferecemos a você uma recuperação completa e segura, com o melhor da tecnologia para você recuperar a sua qualidade de vida.

Conclusão

A mobilidade torácica é importante para a saúde geral da coluna vertebral. Se você sentir dores na coluna ou identificar algum dos sintomas mencionados neste artigo, é importante consultar o seu fisioterapeuta para um diagnóstico e tratamento adequados.

O ITC Vertebral é uma clínica especializada em mobilidade torácica e oferece um programa de fisioterapia completo para o tratamento da mobilidade torácica. Nós oferecemos a você um tratamento completo e seguro.

Obrigada pela leitura!

Agendar sua Avaliação

Por Helder Montenegro Revisão 25/jul - 2022
Todo o conteúdo deste website é produzido e de reponsabilidade da equipe que compõe o ITC Vertebral.